Azeite Herdade do Esporão Organico - Extra Virgem - 500ml

Código: RRPDGDERS
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Azeite de Oliva Extra Virgem Organico - Herdade do Esporão 
500ml

Descrição:
Azeite proveniente do olival dos Arrifes na herdade do Esporão, produzido a partir das variedades de azeitonas Cobrançosa e Arbequina em modo de producção biológico. Existe uma criteriosa seleção dos frutos desde o campo até ao lagar, obtendo-se desta forma um azeite auteentico e genuino, pleno de aromas e de sabores.
 
Campanha:
O início da campanha caracterizou-se por temperaturas amenas durante o Verão e com precipitação abundante no final do Verão, prolongando- se até ao inicio do Outono, provocando condições que potenciaram o desenvolvimento da Mosca da Azeitona e da Gafa. O inicio e a rapidez da colheita foi determinante para a obtenção de azeite de alta qualidade, iniciando- se a apanha no mês de Outubro terminando em meados do mês de Novembro.
 
Variedade:
Arbequina, Cobrançosa
 
Produção:
A colheita foi efetuada manualmente com o auxilio de vibradores manuais. O transporte da azeitona foi feito em reboques, separadas por variedades e recebidas no lagar no mesmo dia da colheita, sendo imediatamente processadas. A extração inicia-se com a moenda rápida dos frutos. A seguir a moenda a pasta resultante é sujeita a um batimento lento de forma a permitir a saida do azeite das células da polpa. A pasta segue para o decanter onde é separado o azeite do bagaço de azeitona e da água resultando, um azeite ainda com alguma humidade e impurezas. O azeite é limpo por centrifugação estando desta forma pronto para ser filtrado e embalado. Todo o processo decorre sob temperatura inferior a 27° C, de forma a não se perder durante a extração os aromas dos frutos originais. Por ser um azeite de produção biológica requer uma criteriosa separação desde o campo até a garrafa.

Notas de prova:

Visual: Verde amarelado.

Olfactivo: Frutado verde.

Gustativo: Fresco, ligeiramente amargo, algo picante.

Utilização e harmonização:

Azeite de caraterísticas organolépticas simples de intensidade média alta adaptado a finalizar empratamentos com alimentos de intensidades médias baixas e aromas complexos.

Acidez:

0.3º

Produção anual (litros):

300.000

Conservação:

Para melhor preservação das características deste azeite natural, recomenda-se a sua conservaçã0 em local fresco e protegido da luz.

Crítica:

Olive Japan 2012, Medalha de Prata, 2012

Monde Selection, Medalha de Prata, 2012

"Concurso Nacional Azeites FNA Santarém", Medalha de Bronze, 2012

III Extra Virgin Olive Oil Championship, Grande Menção, 2012


ARTIGO INFORMATIVO A SEGUIR

ANÁLISE de azeites PELA PROTESTE

Se você costuma optar pelos azeites extravirgens por acreditar que eles sejam mais puros, saborosos e saudáveis, é melhor tomar cuidado, pois você pode estar sendo enganado.

Das marcas de azeites que testamos, boa parte dos que se dizem "extravirgens", na verdade, não passa de "virgens" e alguns são até "lampantes".

A PROTESTE já realizou quatro testes com esse produto, e, este foi o que teve pior resultado, com o maior número de fraudes contra o consumidor.

Verificamos se havia produtos adulterados, ou seja, comercializados fora das especificações estabelecidas por lei. E, também que preço e renome nem sempre são sinônimos de maior qualidade. O melhor do teste foi, de fato, o que custa mais caro entre os testados. Porém, nossa avaliação mostra que há outros produtos de boa qualidade que custam bem menos.

Fizemos a análise sensorial em laboratório reconhecido pelo Conselho Oleico Internacional (COI). Eles avaliaram a qualidade das amostras quanto ao aroma, à textura e ao sabor de acordo com parâmetros técnicos. Segundo a legislação, em azeites extravirgens não podem ser encontrados defeitos na análise sensorial.

Analisamos diversos parâmetros físico-químicos para detectar possíveis fraudes

  • Presença de óleos refinados; 

  • Adição de óleos obtidos por extração com solventes; 

  • Adição e identificação de outros óleos e gorduras

  • Adição de outras gorduras vegetais;

Na análise sensorial, apenas oito marcas tinham qualidade de azeite extravirgem de acordo com os especialistas. Entre as outras, sete alcançaram defeitos que, pela legislação, as caracterizavam como azeites virgens. São elas: 

  • Borges

  • Carbonell

  • Beirão

  • Gallo

  • La Espanhola

  • Pramesa

  • Serrata

As quatro marcas com problemas de fraude foram também consideradas, pela análise sensorial, como azeites lampantes. São elas: 

  • Tradição

  • Quinta da Aldeia

  • Figueira da Foz 

  • Vila Real

Pague com
  • Bcash
Selos

Celso Luiz de Souza Alimentícios Me - CNPJ: 09.140.888/0001-32 © Todos os direitos reservados. 2017

Formas de Envio