RHODIOLA ROSEA

Código: 65FS5NDCF
3x de R$ 33,00
R$ 99,00
Comprar Estoque: 5 dias úteis
    • 1x de R$ 99,00 sem juros
    • 2x de R$ 49,50 sem juros
    • 3x de R$ 33,00 sem juros
    • 4x de R$ 26,78
    • 5x de R$ 21,85
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

RHODIOLA ROSEA 60 cáps 250 mg

Do combate à fadiga ao melhor desempenho cerebral.

Sugestão de Uso
1 cápsula 2 X ao dia ou usar de acordo com orientação médica ou terapêuta especializada. Uso Interno.

A raiz-dourada (Rhodiola rosea) é uma planta medicinal cujo o extrato é considerado um suplemento fitoterápico com propriedades adaptógenas. A Rhodiola rosea, assim como outras ervas adaptógenas, ajuda pessoas a suportarem circunstâncias físicas ou mentais estressantes.

Durante muitos anos os povos escandinavos e siberianos cultivavam e utilizavam a Rhodiola rosea para se fortalecerem em épocas de recessão, tais como invernos rigorosos e explorações em altas altitudes. A Rhodiola rosea foi posteriormente testada e utilizada como um suplemento adaptógeno pela União Soviética e acreditava-se que vários agentes da KGB (serviço secreto soviético) consumiam a raiz-dourada para ajudar a suportar os esforços estressantes, sobretudo em climas ásperos.

Em estudos clínicos realizados com animais de laboratório e seres humanos, foi observado que o extrato de Rhodiola rosea pode ajudar a regular a produção de cortisol no corpo, um hormônio que ajuda o organismo a responder a traumas e infecções. O cortisol também é muitas vezes referido como um hormônio de estresse, necessário para que o organismo responda a situações estressantes, que dependendo da intensidade pode fazer com que o hormônio permaneça ativo por muito tempo em níveis muito superiores as quantidades necessitadas pelo corpo. Essa grande quantidade de cortisol no organismo pode resultar em confusão mental, redução da resposta imune e até mesmo danos aos tecidos. Ao ajudar o corpo a regular a produção natural de cortisol, a Rhodiola rosea aumenta a resistência física e mental em tempos de estresse.

Um estudo realizado em 2000 pelo Departamento de Neurologia da Armenian State Medical University, em Erevan, na Armênia, envolveu 56 médicos sujeitos a longas horas de trabalho noturno. Uma dose diária de 170 mg de Rhodiola rosea foi administrado para esses médicos durante duas semanas e resultaram em uma melhora significativa dos desempenhos cognitivos (memória, cálculo mental, concentração, percepção visual e auditiva), apesar do estresse e fadiga.

Outro estudo duplo-cego, controlado por placebo, examinou os efeitos de uma dose baixa do extrato de Rhodiola rosea (100 mg por dia durante 20 dias) em 40 estudantes estrangeiros submetidos a exames em condições estressantes. Houve uma melhora discreta no bem-estar e na forma física, reduzindo a fadiga. Alguns dos estudantes obtiveram melhores notas, mas os desempenhos cognitivos, segundo os pesquisadores, poderiam ter sido ainda mais melhorados com a ingestão de uma dose superior.

Por fim, um estudo em dupla ocultação realizado em 2003 concluiu que em situações de estresse e fadiga a Rhodiola rosea aumentou significativamente a capacidade de trabalho intelectual dos pacientes tratados. Ficou demonstrado que a raiz-dourada permite reduzir a concentração de vários metabolitos induzidos pelo estresse no organismo, em particular o CRF (Corticotropin Releasing Factor), que aumenta a fadiga mental e prejudica a função sexual.

Benefícios:
Acaba com a fadiga;
Cura a depressão;
Reduz o estresse e a ansiedade;
Acaba com os males causados pelo estresse, como : Fadiga crônica, palpitações, dores musculares, etc.
Melhora a memória e a capacidade de concentração;
queima gorduras, especialmente na região abdominal.

CONTRAINDICAÇÃO:
Apesar de possuir inúmeros benefícios, a raiz-dourada, assim como a maioria das plantas medicinais, também possui efeitos colaterais, mesmo que raramente relatados. A raiz-dourada não deve ser utilizada durante a noite, pois pode perturbar o sono. Em caso de utilização conjunta com outros estimulantes, a dosagem deve ser adaptada. Não deve ser usada durante a gravidez ou fase de amamentação. Pessoas que sofrem de distúrbio bipolar não devem fazer uso da raiz-dourada, vez que variações de humor e alucinações podem se tornar bastante graves. Pacientes com outros tipos de distúrbios psicológicos devem consultar seu médico preliminarmente antes de adicionar à raiz-dourada a dieta. Pessoas com hipersensibilidade ou que utilizarem doses altas diárias podem sofrer de insônia, irritabilidade e impaciência. A Rhodiola rosea também pode causar um efeito semelhante a beber demasiada cafeína e causar palpitações no coração semelhantes a uma overdose de café. Uma maneira de evitar este efeito colateral é não utilizar a Rhodiola com o estômago vazio. É sempre recomendado conversar antes com um profissional da saúde competente para definir a dosagem correta a fim de evitar quaisquer efeitos secundários nocivos,

ADVERTÊNCIAS:

  • Não utilizamos produtos de empresas que realizam testes em animais. Esse procedimento é totalmente desnecessário nos tempos modernos!
  • As imagens são ilustrativas podendo ser alteradas de acordo com a necessidade ou mudança do laboratório.
  • Produtos naturais não são medicamentos. São ajudas valiosas que a natureza nos oferece. Nunca deixe de consultar seu profissional de saúde se houver dúvida.
  • Produtos naturais normalmente são indicados em consultas terapêuticas por profissionais habilitados em medicina natural já que a posologia pode mudar de caso para caso. Se você tiver alguma dúvida na utilização dos produtos adquiridos em nossa loja virtual envie um e-mail para nós.
  • Segundo a tradição médica oriental a doença é sinônimo de falta de informação e também são causadas por transtornos emocionais e comportamentais.
  • Pense nisso!
3x de R$ 33,00
R$ 99,00
Comprar Estoque: 5 dias úteis
Pague com
  • Bcash
Selos

Celso Luiz de Souza Alimentícios Me - CNPJ: 09.140.888/0001-32 © Todos os direitos reservados. 2017

Formas de Envio